No dia mundial da fotografia resolvi fazer um post com algumas perguntas que me fizeram no curiouscat.me. Quem não sabe, a rede curiouscat.me é para as pessoas fazerem todo tipo pergunta, tanto de forma anonima quando se identificando, então usei minha conta no Twitter para divulgar que estava respondendo perguntas sobre fotografia e que ela seria base para esse post.

 

31 Mai  – Anonimo: vc conhece ou recomenda algum livro didático sobre fotográfica que explica iso, obturador, diafragma, essas paradas?

Um livro bem bacana é o “Novo Manual de Fotografia” (John Hedgecoe) da editora Senac.

 

22 Mai  – @cahbicudo: Você já fotografou alguma moça muito tímida e travada q deu trabalho pra sair bem nas fotos?

Infelizmente não, as moças que fotografei já tinham experiência em fotografar e não tive essa situação de timidez. Quero muito fotografar uma modelo tímida.

 

4 Mai  – Anonimo: vc acha que dá pra alguém ser fotógrafo só tendo uma câmera legal ou precisa de um curso pra saber as coisas direitinho?

Ter uma câmera legal te da várias opções de uso, o que nos leva ao curso, pois como manusear uma câmera sem saber do que ela é capaz de de te proporcionar? Ter uma câmera legal e não saber usar seria o mesmo que colocar um motorista com CNH “B” pra pilotar uma F1.
Você pode sim fazer ótimas fotos sem o curso, hoje em dia tem alguns tutoriais de internet, grupos de discussão e tudo mais, mas o “curso” em si é muito mais abrangente do que tutorial.
No curso você aprende coisas como iluminação de estúdio, fotometria e direção de modelos e várias outras coisas. Não importa se é workshop, curso técnico ou faculdade, o importante é sempre procurar conhecer mais sobre aquilo que quer fazer.

 

25 Abr  – Anonimo: Já pensou em parar de fotografar?

Sim, na verdade tenho dúvidas todos os dias, mas acho salutar você se questionar se o que está fazendo está certo, ou pelo menos tentando fazer as coisas da melhor forma possível.

 

20 Abr  – Anonimo: o que vc acha importante em um fotógrafo, além da técnica?

É muito importante saber pelo menos o básico de abertura, velocidade, iso, pontos de exposição e as questões teóricas, mas além do conhecimento técnico acho indispensável o “feeling”, a percepção, o olhar. Você conhecer aquilo está fotografando é importante pois com esse conhecimento você consegue tirar boas fotos.
Por exemplo, meu afilhado quando era bebezinho ficava passando a língua no lábio, ai eu percebi isso e fiquei esperando ele colocar a língua pra fora, quando ele fez eu já estava com a câmera pronta, tudo preparado e fiz foto. Essa foto virou até cartão de aniversário dele.

 

6 Mar  – Anonimo: O que vc gosta mais de fotografar: show de rock ou mulher pelada?

Existem 3 categorias que estão rigorosamente empatadas: shows, sensual e futebol, tudo com 33%. Cada uma dessas categorias me dão uma satisfação e prazer diferentes em todo seu processo. Nesse caso é absolutamente impossível eu escolher uma delas.

 

5 Jan  – Anonimo: Qual foi a última câmera que comprou?

Bom, a ultima é uma Action-Cam tipo da Go-Pró que é pra levar nas viagens e tal, mas a última câmera mesmo foi uma analógica Nikon F-501 que comprei de uma amiga do Twitter.

 

21 Jun  – 2016 Anonimo: Qual material fotográfico que você não tem e gostaria de ter?

Então, material como câmera e lente a gente ta sempre em busca de coisas novas. Mas vou falar de material em si, eu gostaria de ter um espaço aqui em casa pra montar um Lab e fazer revelação caseira. Ainda uso filme 35mm e sei como é o processo de revelação, então posso dizer que o que quero é um espaço pra fazer esse Lab caseiro.

 

Raphael Prado – Dia Mundial da Fotografia (by Michelle Iglesias)

 

21 Jun  – 2016 Anonimo: Tenho vontade de fazer um ensaio nu mas nunca acho que o estilo das fotos combina comigo. Que dica vc dá pra um ensaio não ficar “fake”?

Então, como eu não sei como você é vou dar uma dica que serve pra geral.Pense em alguma foto que te agrade, não necessariamente um ensaio, mas algo que você como consumidor de fotos goste, ai pensa se você se sentiria bem fazendo esse tipo de foto. Depois disso é mais fácil achar o seu tipo de ensaio e com isso ele não fica com cara de fake.

 

15 Jun  – 2016 Anonimo: Você tem ciúmes das suas fotos?

Logo que comecei a me interessar por fotografia sim, tinha medo de usarem a foto. Hoje aprendi a entender que a foto é pra ser vista, claro que não publico todas as que gosto, sempre guardo uma na “caixinha” mas as que eu acho que ficaram boas eu posto.

 

2 Jun  – 2016 Anonimo: O que você jamais fotografaria?

Cara, jamais é uma palavra muito forte, mas exitem coisas que não me atraem fazer fotos, mas isso é questão de gosto pessoal.

 

27 Mai  – 2016 @drikkk: o que te atraiu pra área de fotografia? e o que vc mais curte de trampar com isso?

Comecei a me interessar em 1998 quando trabalhava revelando fotos na loja do meu primo, aí foi amor a primeira vista. Adoro fotografar Esporte, shows e ensaios

 

27 Mai  – 2016 @drikkk: Ai que legal! São áreas bem legais mesmo… Já fez algo de esporte relacionado ao Corinthians?

Durante um período colaborei com a campanha sangue corinthiano, mas em relação ao time dentro de campo infelizmente não

 

27 Mai  – 2016 Anonimo: Das suas fotos, qual sua favorita?

Ainda não fiz, a melhor sempre está por vir.

 

Essas foram as perguntas que selecionei, quer fazer uma pergunta? então entra lá no curiouscat.me 

Até a próxima!

Abraços!

Raphael Prado

Fotógrafo graduado pelo Senac, apaixonado por música, futebol e por novas formas de retratar o cotidiano.